SAC  (65) 3682-9476
Rod. MT 050, s/n, Distrito Industrial  CEP: 78132-630- Várzea Grande - MT

Processo Industrial

O processo Industrial do arroz consiste basicamente em 7 etapas.

I – Descarregamento | II – Descasque | III – Brunição | IV – Classificação | V – Seleção | VI – Empacotamento | VII – Expedição


Veja a estrutura do processo industrial.

I - Descarregamento

Pesagem da carreta na balança eletrônica: Todos os caminhões são pesados assim que chegam e quando saem da empresa. Cada carga na carreta tem, em média, 30 toneladas de arroz em casca a granel. Sendo que uma carreta cheia pesa aproximadamente 45 toneladas e vazia, de 12 a 15 toneladas.

Primeiro teste para verificação do tipo do arroz que vai descarregar. Nessa etapa, são analisados os defeitos contidos no arroz, tais como: grãos gessados, sementes, grãos amarelados, arroz vermelho, quantidade de quebrados, umidade dos grãos, etc.

O descarregamento do arroz é feito em um funil chamado moega.

Da moega, os grãos seguem por esteiras e elevadores para a armazenagem nos silos pulmão, conjunto composto por 4 silos de capacidade de 600 toneladas cada, armazenando, separadamente, os tipos de arroz classificados no descarregamento.

Destes silos, o arroz em casca vai para um conjunto de máquinas chamado Pré-limpeza, onde o arroz passa por um conjunto de peneiras para separar as impurezas do arroz, tais como: palha, pedaços da planta do arroz, partículas metálicas, pedaços de madeira, etc.

Depois de pré-limpo, o arroz, separadamente, é conduzido novamente por uma esteira e segue para a produção.


II - Descasque

Descascador: dos silos de armazenagem, o arroz vai para o descascador, máquina que descasca o arroz, através de dois roletes de borracha que trabalham em sentidos opostos e com rotações diferentes, descascando o grão por fricção de baixo para cima, chegando a atingir até 70km/h, por isso há necessidade de amortecedores de borracha nas paredes superiores, para que não haja quebra do grão;

A seguir, todo produto que sai do descascador passa pela Câmara de Aspiração, que consiste num circuito fechado que separa a palha, o grão integral (descascado), marinheiro (em casca), o farelo grosso e o pó do processo.

A palha é conduzida, por uma rosca, a um conjunto de silos para posterior descarregamento.


 

Em seguida, o produto vai para o Separador de marinheiro, uma máquina que separa o grão que descascou (esbramado ou integral) do que não descascou (marinheiro), sendo que este último voltará para o início do processamento, ou seja, para o descascador.

O grão integral, após passar pelo separador de marinheiro, vai para o Separador de pedra que separa todas as partículas sólidas maiores que o grão de arroz e aspira as impurezas mais leves como a quirera fina. 


  

 

 III - Brunição

Em seguida, os grãos inteiros seguem para o Brunidor. Nessa etapa, o brunidor vertical retira uma parte da camada escura chamada de farelo. O farelo é aspirado por um exaustor e posteriormente ensacado para ser vendido para empresas de ração animal e para extração de óleos.


 

 

Do brunidor, os grãos vão para o Polidor. Este equipamento é destinado a promover o acabamento do grão de arroz, no processo de beneficiamento. O polidor tem um núcleo cilíndrico que provoca, através de uma força centrífuga, uma pressão entre os grãos e a tela em meio a uma névoa de umidade controlada, promovendo a remoção do farelo e obtendo-se um excelente acabamento com aspecto vítreo, sem riscos e pó.


 

 

 

IV - Classificação 

Do Polidor, o grão vai para a Peneira de classificação, que separa o arroz bom da quirera fina e o arroz vermelho, que tem um aspecto maior e mais redondo;

Em seguida, os grãos vão para o Trieur. Este equipamento tem como finalidade classificar o grão de arroz, conforme seu tamanho (inteiro, ¾, ½, etc.). Sua eficiência chega a 99%, portanto, superior à alcançada por peneiras. Esse classificador consiste basicamente de um tubo cilíndrico rotativo de chapa, cuja superfície interna é formada por pequenas cavidades que são chamadas de alvéolos. Durante o trabalho de classificação, os grãos quebrados entram nos alvéolos, ficam presos ao seu interior e sobem através de uma força centrífuga até uma determinada altura. Quando o peso dos grãos quebrados vence a força centrífuga, eles caem dentro de uma concha, dotada de rosca transportadora, localizada no interior do cilindro que tem a função de retirar esses grãos.


V - Seleção

Do Trieur, os grãos vão para a Seleção Eletrônica: Este processo é um dos mais importantes, pois é ele quem seleciona os melhores grãos para serem empacotados. Os grãos são conduzidos em linha através de uma canaleta inclinada onde adquirem velocidade para passarem por um sensor fotoelétrico que identifica por translucidez o grão bom do grão defeituoso. No final da canaleta, após o sensor fotoelétrico, posiciona-se um conjunto de bicos injetores que soltam um jato de ar, expulsando os grãos com defeito, identificados pelos sensores. O grão bom segue para o empacotamento e o defeituoso segue para um repasse.



VI - Empacotamento

Câmara de limpeza por densidade: Depois da seleção eletrônica e para garantir a higiene e limpeza, os grãos selecionados passam por esta câmara que vai retirar todo farelo adquirido nas etapas do processo de transporte entre máquinas.

Empacotadeira: Depois dessa limpeza, o arroz beneficiado vai para a empacotadeira. Este equipamento é totalmente automatizado e, através de um programa, executa o empacotamento de 5kg e de 1kg. Sua capacidade é de 40 pacotes por minuto.


 

Enfardadeira: Depois de empacotado, o arroz vai para a enfardadeira. Este equipamento é também automatizado e faz fardos de 30kg (6 pacotes). Tem capacidade para aproximadamente 8 fardos por minuto.

VII - Expedição

Após o enfardamento, os pacotes vão para a estocagem e são carregados em caminhões, que passam por uma pesagem e finalmente despachados para abastecerem o mercado.


 

Curta nossa Página

Produção e Estrutura

Fique por Dentro

Contato

Rod. MT 050, s/n, Distrito Industrial  CEP: 78132-630- Várzea Grande - MT
SAC  (65) 3682-9476

Newsletter

Assine nossa newsletter e fique por dentro de nossas novidades.